sábado, 20 de dezembro de 2008

Entrevista!!!


Gente, não é que o RPTD realizou a sua primeira entrevista. E com ninguém mais, ninguém menos que Lyra Fraga, a nossa musa. Foi um trabalho exausto, rodando o Orkut, usando de nossas habilidades googleanas e trocando scraps até que nossa musa topou dar uma entrevista para o pessoal do blog.


Na verdade foi mais um bate p
apo, mas já serviu para nos entusiasmar. Depois de nos apresentar e de uma breve conversa inicial, começamos a entrevista:

RPTD: Você pode nos conceder uma entrevista? Prometemos que não vai doer.

Lyra: O problema naum é isso que vai doer, é que assim, já vi que seu blog é de humor e naum quero ser piadinha.

RPTD: Hehehhe, esperamos que não tenha se ofendido, a gente só brinca lá.

Lyra: Tipo Cida Caran era sua musa e tomar o lugar dela foi uma certa piada e para mim Cida Caran é um lixo profissional. Como pessoa naum posso falar nada, mas se fosse chamava ela de musa antes para mim ela era musa de podreira, conheço muito bem.

RPTD: Não que vc seja parecida com ela, é que agora encontramos alguém que podemos chamar de musa né. E você, nasceu aqui?

Lyra: Em Tanabi

RPTD: Mas você gosta de Rio Preto? Sente saudades daqui ou desprezo total?

Lyra: Desprezo naum. Tenho amigos, Família e boas e más recordações.

RPTD: Ah, isso todo temos. Você freqüentava as boates GLS daqui?

Lyra: Sim.

RPTD: Mas nunca se apresentou aqui né? Porque?

Lyra: Nem. Sempre odiei essa coisa de Drag Queen, fazia algumas coisas em festa de 15 anos, Mas raramente.

RPTD: Mas você pensa em fazer uma apresentação em Rio Preto? Já que a cidade tem diversos shows desse tipo nas boates e sempre com grande público.

Lyra: NAUM SOU DRAG QUEEN E NAUM TENHO MINHA VONTADE.

RPTD: Você pensa em fazer cirurgia de mudança de sexo, ou isso é loucura?

Lyra: ACHO QUE NAUM LEU A MATÉRIA. Tomo hormônio, naum vou fazer cirurgia naum. Sou contra mutilação.


Gente, mas a conversa não foi só discussão não. Rolou alguns outros papos e depois de um tempo já éramos todas amigas para sempre.

Lyra: Precisa vir para Sampa.Vem, pode ficar aqui em casa. Tem que saber onde ir. Pode marcar de vir aqui.

RPTD: Bom amiga, vamos voltar à Represa.

Lyra: Que coisa feia. Uma coisa que nunca fiz era Represa. Sempre fui menina demais, então la naum iria rolar nada mesmo.

RPTD: Ta certa, beijos.

Lyra: ok.


Ai, que meiga. E assim chegou ao fim nosso brevíssimo, porém muito divertido, bate papo com a nossa musa. Queremos ressaltar que ela foi muito simpática com a gente e compartilha dos nossas ideais, ou seja, já mora no nosso coração. Lyra, beijo e nos liga.

Agora nosso próximo objetivo é conseguir uma entrevista com uma personalidade vivente aqui em Rio Preto. Aceitamos E-mail e MSN's das personalidades capiváristicas, quem tiver nos manda Djá. Será nosso presente de Natal!

2 opiniões capivarísticas:

intelektus disse...

caraca, show de bola a entrevista viu...foi tipo assim, Marilia Gabriela, sem zuera, parabens, mandou bem legal, deu de 10 a 0 no colunismo social (sic) daqui...

=D

chesss disse...

é capi, quem sabe vc nao é contratada para fazer a coluna social de algum jornaleco de rio preto... ( sim porque em rio preto nao tem jornal, tem jornaleco)
bjmeliga

by TemplatesForYouTFY
SoSuechtig, Burajiru